Como organizar uma festa – parte 2

 

Parte 2 – Planejo o meu evento…

 

Bom, com o orçamento definido, preciso começar a pensar em algumas coisas importantes que direcionarão a organização da festa. O planejamento é um dos momentos principais deste processo de preparação de uma comemoração, pois é quando imaginamos como será o evento e pensamos o que é preciso para que aconteça de acordo com o que queremos. Para isso, inicialmente, é necessário responder as seguintes questões:

– Quantas pessoas vou convidar? (mesmo que ainda não tenha uma lista de convidados, preciso ter noção de quantos quero/posso convidar)

– Qual será o estilo da festa? (temática, refinada, simples, aconchegante, …)

– Onde será a minha festa? (posso locar um lugar especializado ou um lugar diferente que terá mais a minha cara ou prefiro fazer na minha casa, etc.)

– Qual o dia e horário melhor se adequam à esta festa e à minha vida?

Estas são as primeiras perguntas e que definirão o que fazer a seguir (e, anime-se, pois o caminho é longo!). As respostas são bastante interligadas, por exemplo, o número de pessoas vai depender do orçamento, mas também depende do tipo de festa que você pensou em fazer, e, dependendo da festa, não dá pra fazer em qualquer lugar. Quero fazer uma super festa à fantasia com 300 convidados, então não posso fazer na minha casa, vou precisar locar um salão; geralmente este tipo de festa é realizado à noite, na sexta ou no sábado pois as pessoas ficam até mais tarde se divertindo. Ou se vou organizar o aniversário do meu filho de 2 anos e decido fazer uma festa com o tema que ele mais gosta, para umas 100 pessoas, então pode ser no salão do meu prédio (se comportar o número de convidados) ou em um salão de festa infantil, dependendo do meu orçamento. Geralmente as festas infantis são iniciadas à tarde para que as crianças tenham mais tempo para se divertir, sem ficar com sono; mas tem muitas famílias que não tem problemas com crianças acordadas até mais tarde e então a festa pode ser à noite. Por isso, depende não apenas da festa, mas de como é sua vida.

Enfim, existem infinidades de combinações para estas respostas e elas devem ser a sua cara (e ter a ver com o estilo de sua família), pois assim realmente será a SUA festa!! Mas é preciso lembrar que se você está fazendo uma festa pra outra pessoa (filho ou filha, marido, sobrinha, etc.) é de extrema importância escutar o que eles querem, afinal se é uma homenagem para eles, deve ter a cara deles e não a sua, certo? Agora, se é um bebê que não fala o que quer, então o que conta é a sensibilidade dos pais mesmo. Nos próximos artigos, vamos continuar falando sobre planejamento, ainda temos muito pela frente.

A maioria das pessoas que nos procuram querem fazer uma festa de aniversário infantil, por isso, logo logo iremos colocar aqui um modelo de planejamento deste tipo de festa, que inclui vários outros questionamentos mais específicos que nos ajudam a direcionar tudo o que vamos precisar para festejar. Aguardem.

 

Compartilhe

Leave a Reply